Notícias

6 de dezembro de 2017Papa: aceitemos as humilhações para nos parecermos com Jesus

2017-12-05 Rádio Vaticana

Depois da sua viagem a Mianmar e Bangladesh, o Papa Francisco retomou nesta terça-feira (05/12) as celebrações da missa na capela da Casa Santa Marta.

A humildade é um dom indispensável na vida de um cristão: foi o que disse o Papa na sua homilia. Inspirado por uma passagem do profeta Isaías, Francisco recordou que todo cristão é como “um pequeno rebento onde se pousará o Espírito do Senhor, espírito de sabedoria e de inteligência, espírito de conselho e fortaleza, espírito de conhecimento e temor do Senhor”. “Esses são os dons do Espírito Santo. Da pequenez do rebento à plenitude do Espírito. Esta é a promessa, este é o Reino de Deus”. Esta é “a vida do cristão”, recomendou o Papa:

Ser consciente que cada um de nós é um rebento daquela raiz que deve crescer, crescer com a força do Espírito Santo, até à plenitude do Espírito Santo em nós. E qual seria a tarefa do cristão? Simplesmente proteger o broto que cresce em nós, proteger o crescimento, proteger o Espírito.

E, qual é o estilo de vida cristão? “Um estilo como o de Jesus, de humildade”, explicou Francisco:

“É preciso fé e humildade para acreditar que este rebento, este dom assim tão pequeno chegará à plenitude dos dons do Espírito Santo. É preciso humildade para acreditar que o Pai, Senhor do Céu e da Terra, como diz o Evangelho de hoje, escondeu essas coisas aos sábios, aos doutos e as revelou aos pequeninos. Humildade é ser pequeno, como o rebento, pequeno que cresce todos os dias, pequeno que necessita do Espírito Santo para poder ir avante, rumo à plenitude da própria vida”.

“Alguém acredita que ser humilde – observou o Papa – é ser educado, cortês, fechar os olhos em oração …”. “Não, ser humilde não é isso”. Então, “como posso saber se sou humilde?”, perguntou Francisco:

“Há um sinal, um sinal, o único: aceitar as humilhações. A humildade sem humilhações não é humildade. Humilde é aquele homem, aquela mulher que é capaz de suportar as humilhações como Jesus as suportou, o humilhado, o grande humilhado”.

Francisco recordou o exemplo de tantos santos “que não só aceitaram as humilhações, mas as solicitaram para se assemelharem a Jesus”. Que o Senhor – concluiu a sua homilia o Papa – nos conceda essa graça de proteger o pequeno em direcção da plenitude do Espírito, de não esquecer a raiz e aceitar as humilhações”. (BS-SP-BF)

(from Vatican Radio)

Voltar

  • Facebook
  • Twitter
  • G Plus
  • Instagram
  • You Tube

AGENDA

[+] veja mais

Celebrante: Cônego José Mário de Medeiros

MISSA COM ORAÇÃO DE EXORCISMO!
Dia: 28/02 às 19:00h
Celebrante: Cônego José Mário de Medeiros

Facebook photo

EVANGELHO DO DIA 23.02.18
(Mt 5,20-26)📖

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 20“Se a vossa justiça não for maior que a justiça dos mestres da Lei e dos fariseus, vós não entrareis no Reino dos Céus.21Vós ouvistes o que foi dito aos antigos: ‘Não matarás! Quem matar será condenado pelo tribunal’. 22Eu, porém, vos digo: todo aquele que se encoleriza com seu irmão será réu em juízo; quem disser ao seu irmão: ‘Patife!’ será condenado pelo tribunal; quem chamar o irmão de ‘tolo’ será condenado ao fogo do inferno.23Portanto, quando tu estiveres levando a tua oferta para o altar, e ali te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, 24deixa a tua oferta ali diante do altar, e vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão. Só então vai apresentar a tua oferta.25Procura reconciliar-te com teu adversário, enquanto caminha contigo para o tribunal. Senão o adversário te entregará ao juiz, o juiz te entregará ao oficial de justiça, e tu serás jogado na prisão. 26Em verdade eu te digo: dali não sairás, enquanto não pagares o último centavo”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Facebook photo

Comunidade Católica - Maria Mater Familiae
(84) 3222-3458 / 3211-8874
mariamater@mariamater.com.br