Fundação

Após uma caminhada de oito anos em grupos de oração da Renovação Carismática Católica e depois de mais cinco anos formando e acompanhando a juventude de Natal – RN, através do Ministério da Juventude, atual Secretaria Marcos, eu e mais 14 irmãos em Cristo sentimos o sopro do Espírito Santo impelindo-nos a ir “além do deserto” e, como Moisés (Ex 3), descobrirmos o verdadeiro chamado de Deus para nossas vidas.

Visitamos assim, algumas “comunidades novas”, entre elas: Canção Nova (SP), Oásis da Paz (CE), Shalom (CE), Obra Nova (PB), Rainha da Paz (PB) e, cada vez mais sentíamos estar no caminho certo, pois inflamava em nosso interior o desejo de reproduzir o modelo das comunidades cristãs primitivas, fazendo-nos “assíduos ao ensinamento dos apóstolos e à comunhão fraterna, à fração do pão e às orações” (At 2,42).

Em fevereiro de 1995, nosso assessor espiritual, o Pe. José Mário, ofereceu-nos a Granja Canaã (Eremitério do Santo Lenho) situada em Macaíba – RN, para que pudéssemos iniciar esta nova fase da nossa caminhada. Sabíamos que este local nos fecundaria e nos faria nascer como comunidade, mas que, no momento certo, seríamos enviados por Deus para crescer em novas terras.

Em 31 de maio de 1995, dia da coroação de Nossa Senhora como Rainha do Céu e da Terra, com a Celebração Eucarística presidida pelo Pe. José, respondemos ao chamado do Senhor e iniciamos esta experiência de vida comunitária, onde cinco pessoas abraçariam a Comunidade de Vida e dez pessoas abraçariam a Comunidade de Aliança. Àqueles que optaram pela Comunidade de Vida deixaram tudo (família, trabalho, projetos, sonhos, etc.) para viverem juntos e partilharem tudo em comum. Já, os que optaram pela Comunidade de Aliança continuaram sua vida secular, vindo ao Eremitério apenas para participarem das orações comunitárias e da vida fraterna, sendo também providência na vida dos irmãos que lá moravam.

Durante este período fazíamos o nosso apostolado na Capela Rainha da Paz, na Paróquia de Santa Teresinha, em Natal – RN, onde, com muita alegria e ardor missionário, assumíamos os cantos das Missas dominicais e coordenávamos um grupo de jovens ligado a RCC; ainda, quando solicitados, pregávamos retiros e encontros, fazendo vida em nossas vidas o apelo de Jesus: “Ide por todo mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Mc 16,15).

Como sentíamos que o Eremitério nos fecundaria e nos faria nascer, e que logo após seríamos enviados a crescer em outros lugares, então no final de dezembro de 1995, após muitas orações e partilhas comunitárias, decidimos voltar para Natal. Saímos do Eremitério com o coração apertado, pois lá foi um tempo de muita quietude para nossas almas e foi onde tudo começou, onde nasceu a Comunidade Católica Maria Mater.

Voltamos para Natal e alugamos a nossa primeira Casa de Evangelização no Barro Vermelho, na qual realizávamos grupos de oração, rezávamos e aconselhávamos as pessoas que nos procuravam, dávamos formação para os ministérios de cura e aconselhamento, intercessão, música e pregação, e ainda nos reuníamos para rezar e partilhar sobre nossas vidas e o andamento da Comunidade na Igreja.

No ano de 1999, revelou-nos o Senhor o nosso carisma: “Viver, com alegria, intensamente a radicalidade do sim a Deus”, o que nos fez, a partir daí, compreender que devemos imitar Maria, assumindo, com ela, a missão de resgatar almas para Deus. Ainda, por sua infinita bondade deu-nos o Senhor, três baluartes: Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face, São João da Cruz e Charles de Foucauld, os quais são como que sentinelas para nossas vidas, e nos quais estão contidos os caminhos da nossa espiritualidade.

A cada dia a Comunidade Católica Maria Mater amadurece a vontade de Deus em sua história, consciente de que, como a Igreja, nasceu para Evangelizar, para fazer com que mais e mais pessoas tenham uma experiência de amor com Jesus Ressuscitado.

Voltar

  • Facebook
  • Twitter
  • G Plus
  • Instagram
  • You Tube

AGENDA

[+] veja mais

EVANGELHO DO DIA 11.12.17
(Lc 5,17-26)📖

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Um dia Jesus estava ensinando. À sua volta estavam sentados fariseus e doutores da Lei, vindos de todas as aldeias da Galileia, da Judeia e de Jerusalém. E a virtude do Senhor o levava a curar.18Uns homens traziam um paralítico num leito e procuravam fazê-lo entrar para apresentá-lo. 19Mas, não achando por onde introduzi-lo, devido à multidão, subiram ao telhado e por entre as telhas o desceram com o leito no meio da assembleia diante de Jesus. 20Vendo-lhes a fé, ele disse: “Homem, teus pecados estão perdoados”.21Os escribas e fariseus começaram a murmurar, dizendo: “Quem é este que assim blasfema? Quem pode perdoar os pecados senão Deus?” 22Conhecendo-lhes os pensamentos, Jesus respondeu, dizendo: “Por que murmurais em vossos corações? 23O que é mais fácil dizer: ‘teus pecados estão perdoados’, ou dizer: ‘levanta-te e anda’? 24Pois, para que saibais que o Filho do homem tem na terra poder de perdoar os pecados — disse ao paralítico — eu te digo: levanta-te, pega o leito e vai para casa”. 25Imediatamente, diante deles, ele se levantou, tomou o leito e foi para casa, louvando a Deus. 26Todos ficaram fora de si, glorificavam a Deus e cheios de temor diziam: “Hoje vimos coisas maravilhosas!”

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Facebook photo

Que a Sagrada Família abençoe seu dia, sua semana, o seu lar, a sua vida, derramando muitas graças.🙏🙏🙏

Facebook photo

Domingo dia do Senhor. Santa Missa!
"Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade, e a vossa salvação nos concedei!" (Sl 84)
As 10h participe!

Facebook photo

Comunidade Católica - Maria Mater Familiae
(84) 3222-3458 / 3211-8874
mariamater@mariamater.com.br